A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) informou que, desde terça-feira, dia 8, intensificou as ações de corte no fornecimento de água na cidade de Macapá. Através de nota, a Caesa diz que a ação ocorre inicialmente na área central da cidade, mas logo deve se estender para outros bairros. A companhia orientou aos usuários com débitos em aberto, para que procurem o atendimento no Escritório Central ou nos postos de atendimento da Rede Super Fácil e lembra que a eleição passou.

UBS LÉLIO SILVA
Foi reinaugurada na terça-feira, dia 8, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Lélio Silva, localizada no Bairro Novo Buritizal, na zona sul da capital. A obra foi iniciada em janeiro de 2017 e teve prazo inicial de 180 dias, mas chegou a ficar paralisada e só foi entregue no final do ano passado. Durante a reinauguração, a secretária municipal de Saúde, Silvana Vedovelli, informou que a demora na conclusão dos serviços ocorreu devido ao atraso no cronograma de repasse dos recursos federais do Ministério da Saúde, captados através de emenda parlamentar.

O DESTINO DO ESQUELETO DA JUBARTE
A ossada da baleia da espécie jubarte, encontrada em dezembro do ano passado em uma das ilhas do Distrito do Arquipélago do Bailique, no Amapá, será transportada de balsa para a capital do Estado, Macapá, para estudos do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa). Depois de concluída a pesquisa o esqueleto do animal, que pesa mais de uma tonelada, deverá ir à exposição, no Museu Sacaca, na capital. Na costa norte do Brasil, só existe o registro de encalhe de baleias jubarte nos Estados do Maranhão e do Pará e, agora no Amapá.

DOCUMENTOS PERDIDOS
Pelo menos 50 documentos chegam ao setor de achados e perdidos dos Correios de Macapá, por mês. Os dirigentes afirmam que apenas 3% das pessoas procuram a empresa para recuperar os pertences. A baixa procura é atribuída à falta de conhecimento sobre o serviço. Para saber se o documento perdido está nos Correios, basta o interessado acessar o site da instituição e fazer a busca através do nome do titular.

BAIRRO MURICI
Moradores do distrito da Fazendinha, município de Macapá, não aguentam mais lidar com as más condições de manutenção da praça que fica no bairro Murici. Frequentadores dizem que o espaço está esquecido pelo poder público. A prefeitura de Macapá informou que vai verificar de quem é a competência da realização das arenas e praças da capital, incluindo a do bairro Murici, mas não foi dado um prazo para conclusão do levantamento.

MAIS QUATRO
Fontes da área de educação confirmaram a criação de mais quatro escolas de gestão compartilhada com órgãos militares no Estado do Amapá. O anúncio foi feito na semana passada quando da formatura da segunda turma de alunos da Escola Antônio Messias, pioneira na implantação do modelo de gestão compartilhada entre a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e a Polícia Militar do Amapá (PM/AP).